PUBLICIDADE

Escrever sobre seus erros pode trazer benefícios para sua vida, diz estudo

Focar-se em momentos negativos pode ser benéfico, desde que com equilíbrio e nos momentos certos

Os erros são inerentes ao ser humano. Eles são importantes, porque mostram pontos em nossas vidas que devem ser melhorados, para que tenhamos um melhor rendimento em situações semelhantes que possam vir a acontecer. Porém, com nossas rotinas aceleradas, pode ser uma tarefa difícil refletir sobre o passado. Mas acredite, este hábito pode ser de grande ajuda para o autoconhecimento. Um realizado por profissionais das universidades de Rutgers, Pennsylvania e Duke mostra que escrever sobre momentos negativos por 10 minutos pode fazer com que você lide melhor com tarefas que exijam persistência.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

O estudo partiu do pressuposto que momentos estressantes envolvendo erros podem nos ajudar a criar mais força em situações futuras, nos auxiliando a não nos sufocar psicologicamente com a pressão de momentos intensos. Este exercício pode inclusive auxiliar estudantes que irão realizar uma prova, e estão se sentindo inseguros. Escrever sobre os erros passados possibilita uma maior reflexão de pontos a serem trabalhados, para que no próximo teste, eles tenham conhecimento de ações à não serem repetidas, tendo assim, uma nota maior.

"Por muito tempo, nos foi dito para nos mantermos positivos. Porém, a reflexão sobre uma falha do passado, mudou a maneira que os participantes do estudo reagiram psicologicamente com a possibilidade de um erro futuro", diz Brynne DiMenichi, um dos autores do estudo em entrevista ao site Mic.com.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Como o estudo foi realizado

Os autores reuniram cem voluntários para a pesquisa e os separaram em dois grupos. Um grupo escreveu sobre um erro passado, e o outro escreveu sobre o último filme que viram. Depois, para testar os efeitos que essas atividades teriam em alguma atividade, ambos grupos fizeram um teste de 30 minutos em um computador, onde eles tinham que rapidamente indicar se a letra mostrada na tela era uma consoante ou uma vogal.

O grupo de candidatos que não escreveram sobre seus erros mostraram duas vezes mais erros do que os demais participantes. Já o grupo que escreveu sobre seus erros, fizeram escolhas com mais calma e precisão.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Conclusão

DiMenichi diz que seu estudo é apenas um passo inicial, e admite que os dados ainda não são fortes o suficiente para evidenciarem sua proposta. Não se sabe ao certo se as melhorias no aprendizado advém do processo da escrita ou da reflexão que a escrita exige, mas admite que provavelmente os benefícios vêm da reflexão.

Porém, independente dos rumos que a pesquisa irá tomar e se a técnica será comprovada, é importante praticar o autoconhecimento. Uma maior consciência sobre quem somos nos permite saber nossas qualidades, falhas e limitações. Ao nos adaptarmos à alguns detalhes de nossa personalidade, usando a autopercepção, nos tornamos pessoas mais otimistas e menos frustradas frente às adversidades do cotidiano.