PUBLICIDADE

6 fatos sobre o chá de hibisco: efeitos colaterais, infertilidade e mais

Especialistas respondem as dúvidas mais frequentes de nossos leitores

Não é novidade que o chá de hibisco se tornou o queridinho das famosas e de quem quer diminuir algumas medidas. Isso porque a bebida conta diversas substâncias antioxidantes que possuem efeito cardioprotetor, vasodilatador e contribuem muito para evitar o acúmulo de gorduras.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Além disso, o chá de hibisco é associado ao emagrecimento por conter um inibidor que bloqueia a amilase, enzima que transforma o amido em açúcar. Consumir o chá após as refeições ajuda a reduzir a absorção de carboidratos, gradualmente levando à perda de peso.

Mas será que qualquer um pode consumir o chá de hibisco? Você sabe seus efeitos colaterais? Reunimos as 6 perguntas mais enviadas pelos nossos leitores, veja só o que os especialistas responderam:

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

O chá de hibisco tem efeitos colaterais?

Aumenta o risco de infertilidade: Existem alguns estudos que indicam que o consumo contínuo e em grandes quantidades do chá de hibisco possa interferir nos níveis de estrogênio e, em virtude da alteração dos níveis do hormônio, inibe a ovulação acarretando na infertilidade de caráter transitório

Pode causar mal-estar: Deve-se ter cautela com o efeito diurético proporcionado pelo consumo de chá de hibisco. A diurese em demasia leva à desidratação, perda de eletrólitos no organismo, como potássio e sódio, acarretando em alterações na contração muscular, tontura, sensação de fraqueza e até desmaio.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Pode alterar o efeitos de alguns medicamentos: O consumo de chá de hibisco pode tanto potencializar quanto reduzir o efeito de alguns medicamentos. Considerando o efeito diurético, o consumo elevado pode potencializar o efeito de medicamentos anti-hipertensivos. Porém, existem alguns estudos que sugerem o consumo de hibisco na redução do efeito de alguns medicamentos e, mais rápida metabolização de substâncias, como o paracetamol. Clarissa Fujiwara, nutricionista.

É indicado para gestantes?

A contraindicação do chá de hibisco para mulheres gestantes é atribuída pelos possíveis efeitos da bebida em alterar o equilíbrio dos hormônios e ação sobre a musculatura uterina, podendo acarretar complicações durante a gravidez e até abortos espontâneos consequentes da ingestão excessiva. Clarissa Fujiwara.

Estou amamentando. Posso consumir o chá?

O consumo de chá de hibisco também é contraindicado durante a amamentação. Isso porque o número de estudos envolvendo seres humanos acerca da toxicidade e dosagem segura de consumo ainda é escasso. Por isso orienta-se evitar sua ingestão durante a amamentação. Clarissa Fujiwara.

Quem tem pressão alta pode tomar?

Existem estudos que afirmam o benefício do consumo do chá de hibisco em pacientes que têm pressão alta devido ao efeito anti-hipertensivo da ação diurética. No entanto, pacientes que têm pressão alta também devem evitar o consumo do chá de hibisco. Isso porque os medicamentos que tratam a hipertensão já auxiliam no controle da pressão arterial. Se o paciente toma o chá de hibisco junto com os medicamentos, pode haver uma queda de pressão além do necessário. Clarissa Fujiwara

O chá de hibisco pode causar infertilidade?

O chá de hibisco, apesar de natural, possui alguns alertas sobre seus efeitos colaterais e riscos para mulheres grávidas ou que estejam amamentando. Alguns trabalhos mostram risco de abortamento e infertilidade, como o trabalho do Guru Jambheshwar da University of Science and Technology da Índia, que mostrou que o chá possui o efeito de reduzir estrogênio (hormônio feminino) que pode interferir na fertilidade da mulher e gravidez, além de causar defeitos em fetos. Portanto deve-se ter cautela ao tomar esse chá quando se quer engravidar e não consumi-lo se estiver grávida ou amamentando. Reginaldo Rena, nutrólogo.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Pode ser prejudicial para quem tem pressão baixa?

O efeito anti-hipertensivo tem substâncias capazes de favorecer em conjunto a ação diurética e a redução da pressão arterial, podendo causar quedas acentuadas em indivíduos que apresentem tendência à hipotensão. Dessa forma, deve-se ter cautela com o efeito diurético proporcionado pelo consumo de chá de hibisco. Clarissa Fujiwara, nutricionista.