PUBLICIDADE

Qualidade nutricional das redes de fast food não melhorou ao longo dos anos

Restaurantes ainda são pouco saudáveis, apesar das melhorias anunciadas

Hoje em dia é possível encontrar nas redes de fast food opções mais saudáveis, como saladas, sucos e até frutas. No entanto, pesquisadores da St. Catherine University (EUA) afirmam que os restaurantes não avançaram tanto quanto aparentam, e que seus cardápios possuem a mesma qualidade nutricional deficiente que a de anos passados. Os resultados foram publicados em maio no American Journal of Preventive Medicine.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

No estudo, os pesquisadores examinaram as tendências de menu em oito restaurantes de fast food, utilizando dados de 1997 a 2010. As redes escolhidas foram Wendy's, Arby's, McDonald's, Jack in the Box, Dairy Queen, Burger King, Taco Bell e Kentucky Fried Chicken, todas muito famosas nos Estados Unidos e algumas aqui no Brasil. A equipe de pesquisa avaliou os dados usando o Healthy Eating Index (HEI)-2005, uma métrica utilizada pelo Departamento de Agricultura dos Estados Unidos para quantificar a qualidade da dieta da população dos EUA.

Os autores imaginaram encontrar menus bem abaixo da pontuação no início, mas previam um aumento na pontuação para os restaurantes ao longo dos 14 anos. No entanto, o que eles descobriram foi que, em uma escala de zero a 100, todos os restaurantes obtiveram em torno de 45 pontos em 1997 - resultado abaixo do sub-ótimo, que seria 55 - e não sofreram grandes alterações nessa escala mesmo após 14 anos. Segundo os resultados, seis dos oito restaurantes não apresentaram evolução significativa nos menus, subindo de 45 para 48 na escala durante o período analisado.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Os dois restaurantes que tiveram as melhorias mais importantes foram o Kentucky Fried Chicken (KFC), com um aumento de nove pontos, e o Jack in the Box, que fez um salto de sete pontos em seu placar. As melhoras foram atribuídas ao aumento das ofertas de vegetais e grãos totais, além da redução das gorduras saturadas, gorduras sólidas e açúcar em seus itens do menu.

Os cientistas afirmam que as melhorias mais modestas na qualidade nutricional dos menus é consequência de esforços legislativos, como a proibição de gorduras trans. Os pesquisadores não observaram melhorias na qualidade nutricional dos lanches na grande maioria das redes. Ainda que alguns menus apresentem opções mais saudáveis, como saladas, elas ainda são uma minoria no cardápio frente à vasta oferta de lanches pouco saudáveis. A análise é que ao longo dos anos as opções não reduziram suas quantidades de açúcar, sódio e gordura saturada, que são prejudiciais ao organismo.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Coma fora e permaneça saudável

Quando se faz reeducação alimentar para manter o corpo saudável, o ideal é evitar ao máximo o fast food e outros cardápios ricos em gordura, sódio e açúcares. No entanto, é impossível resistir pra sempre ? uma hora ou outra caímos na tentação e nos rendemos ao menu menos saudável.. "Conhecendo os alimentos oferecidos por essas redes de fast food, basta ter disciplina para optar pelas refeições mais saudáveis e não passar vontade", garante a nutricionista-chefe do programa de emagrecimento Dieta e Saúde, Roberta Stella..

Lanchonetes

salada - Foto Getty Images
salada - Foto Getty Images

Nas lanchonetes de sanduíches já é possível encontrar opções saudáveis. Saladas com grelhados e um suco é uma ótima opção. Fuja da batata frita, nuggets e sanduíches, carnes e crispy. Optar pelas saladas faz a quantidade de calorias da refeição despencar, se comparada com a da combinação sanduíche e batata frita.

Nas pizzarias

pizza de mozzarela - Foto Getty Images
pizza de mozzarela - Foto Getty Images

Opte por recheios magros, evitando queijos, calabresa, bacon. Opte pelas massas fina e descarte a massa grossa. Com borda recheada, então, é melhor ficar distante.

Para beber?

mulher bebendo suco no restaurante - Foto Getty Images
mulher bebendo suco no restaurante - Foto Getty Images

A melhor opção em qualquer restaurante é sempre o suco natural, e o ideal é passar longe dos refrigerantes. Se estiver comendo massas ou refrigerantes e não resistir à bebida alcoólica, opte por uma taça de vinho tinto.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Acompanhamentos

mulher comendo salada no restaurante - Foto Getty Images
mulher comendo salada no restaurante - Foto Getty Images

Escolha sempre pela menor porção, evitando as porções grandes e cheias de acompanhamentos.

Nas cafeterias

mulher tomando café em uma cafeteria - Foto Getty Images
mulher tomando café em uma cafeteria - Foto Getty Images

Evite os pãezinhos de queijos. Se for irresistível, fique com uma unidade de pão de queijo médio. Outra opção são os salgados assados. Croissant, empadas, massa folhada devem ser evitados. Para economizar mais calorias, o tradicional café expresso com adoçante ou, se preferir, um suco natural.

Para a sobremesa

salada de frutas com iogurte - Foto Getty Images
salada de frutas com iogurte - Foto Getty Images

Evite os sorvetes, tortas ou bolos. A salada de fruta, além de ser docinha, dá muitos nutrientes ao corpo como vitaminas e minerais. E quase nada de gorduras.

Evite ao máximo os rodízios

família comendo pizza - Foto Getty Images
família comendo pizza - Foto Getty Images

Eles te levam ao exagero alimentar, além de ser mais fácil cair na tentação com tantas opções disponíveis. Prefira sempre os restaurantes a la carte.

kls-agency.com.ua/our-services/written-translation/medical-translation

также читайте buysteroids.in.ua

суррогатное материнство